A música das esferas

Visite nossa página no Google+


musica
A música já existe pronta no universo paralelo. Assim como os peixes estão dentro do oceano, as músicas estão dentro dos sons produzidos pelo universo. Os compositores não fazem músicas. De tanto eles tentarem fazer sons, acabam captando trechos de sons do universo e adaptam esses sons aos instrumentos e vozes. Existem muitos relatos de músicos que dizem ter recebido a música pronta. Do nada - dizem - veio aquela inspiração. Porque a música nasce dos sons produzidos pelo universo. Shakespeare citava a música das esferas - esse conjunto de sons produzido pelo movimento da vida. Os orientais citam o mantra OM - a síntese de todos os sons. Isso também explica por quê a musica nos faz viajar. Cada música é uma viagem diferente, porque elas vem de longe, vem do infinito, do mundo chamado espiritual. A música é um som que viaja e por alguns momentos nos leva nessa viagem. Quando entramos em contato com ela sentimos sua verdadeira essência. O som das galáxias, dos astros, das energias, das pessoas, do movimento das luzes, da via láctea, da gravidade - enfim, esses sons se combinam e formam musicas que viajam pelo universo. Esses sons podem produzir sentimentos em nossa alma e inspiração suficiente para captá-los. É o que acontece com grande parte dos compositores. A musica vem do infinito e produz a sensação de nos levar para o infinito. Não é a toa que usamos a expressão viajar na musica. Grandes cantores e músicos costumam tocar e cantar como se fosse uma brincadeira. Estão cheios de musicalidade na alma e são pressionados pelos sons do universo. Leia mais...

***** Texto de Marco Aurélio Dias
_____________________________________________________

Leia e presenteie o livro JNANA YOGA
Livro EPUB   Apenas R$ 9,70

Livro ImpressoEscritor carioca

EPUBLICAR - Livros, EPUB, reportagens, Ciência
Página do Jornal O Dias no Google Plus Epublicar é uma livraria online que disponibiliza obras literárias de fundamental importância para a informação e a evolução do ser humano. Perfil do Epublicar no Google Plus